Adão foi o primeiro homem na Terra?

sexta-feira, 6 de abril de 2012
Teologia Histórica
Esta teologia vem com o intuito de melhorar o entendimento da Bíblia junto com a ciência, pois uma ciência
nunca pode contradizer a outra, e já dizia Albert Einstein, A ciência sem a religião é coxa, a religião sem a
ciência é cega.

A teologia tradicional não aceita de forma nenhuma a ciência, para esclarecer a bíblia e por isso ela rejeita
qualquer suposição da mesma, segue abaixo algumas teorias desta teologia:
Anjos caídos e Satanás se rebelaram um pouco depois da criação do homem Gn. 1.26, 27.
As Narrativas de Gn. 1.26 e Gn.2.7 tratam da mesma criação do homem.
Toda raça humana descende de apenas um casal.
A ciência está errada em dizer que o homem surgiu há 4 milhões de anos, não acredita em achados
arqueológicos datados nesta época, pois a exatidão das datas pode estar errada.
A terra possui aproximadamente 7000 anos e não se arrisca afirmar o que aconteceu antes desta data.
Vamos agora entender a teologia histórica.

Qual a idade da Terra?

Sendo a Terra um planeta do Sistema Solar, tem cerca de 4,6 bilhões de anos, segundo a ciência. E na Bíblia?

Gn. 1.1 No princípio criou Deus os céus e a terra.

Aqui há uma criação feita por Deus, mas não mostra em que data isto aconteceu, então acreditamos que isso
aconteceu aproximadamente 13,7 bilhões de anos, seria o início daquilo que a ciência chama de big bang. E há
um ponto final no versículo, acabou aí a criação e se passa um espaço de tempo até o versículo dois, que não
sabemos quantos milhões de anos se passaram para iniciar a reformulação do universo veja o texto:

Gn 1.2 A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava
sobre a face das águas.

Em outra tradução diz que a terra se tornou sem forma e vazia, isto mostra que houve um cataclismo no planeta
deixando-o deste jeito, e se há trevas e abismo, podemos considerar uma condenação, mas para quem e quando
isto aconteceu? Houve homens antes de Adão?

Então agora precisamos buscar em outros versículos que nos ajudem a esclarecer este fato, vamos para Isaias
45.18 Porque assim diz o Senhor, que criou os céus, o Deus que formou a terra, que a fez e a estabeleceu, não a
criando para ser um caos, mas para ser habitada: Eu sou o Senhor e não há outro.

O planeta foi criado para ser habitado, Deus não fez para ser um caos, mas o planeta estava um caos em Gn. 1.2,
e precisou Deus reorganizar a situação do planeta, com isto podemos dizer que o planeta já teria sido habitado e
algo aconteceu, leia o que está escrito no livro de Eclesiastes :

Ec. 1.8-11 -Todas as coisas levam a gente ao cansaço – um cansaço tão grande, que nem dá para contar. Os
nossos olhos não se cansam de ver, nem os nossos ouvidos, de ouvir. O que aconteceu antes vai acontecer outra
vez. O que foi feito antes será feito novamente. Não há nada de novo neste mundo. Será que existe alguma coisa
de que a gente possa dizer: “Veja! Isto nunca aconteceu no mundo”? Não! Tudo já aconteceu antes, bem antes de
nós nascermos. Ninguém lembra do que aconteceu no passado; quem vier depois das coisas que vão acontecer no
futuro também não vai lembrar delas.

Então existiram vidas humanas no passado e tudo antes de Adão?

Sim existiu, e a ciência prova para nós com seus achados arqueológicos e datando a presença de seres humanos
há 4 milhões de anos atrás, e que coloca até a ciência em dúvida, pois não existiu uma evolução do macaco para o
homem e sim existiu homens eretos e inteligentes no passado e que deixaram apenas vestígios de sua presença no
planeta, como diz em Eclesiastes “ninguém lembra do que aconteceu no passado”.

Vamos entender melhor isto, segundo a tradição judaica há uma crença de homens criados antes de Adão e que
foram cinco gerações passadas e Adão seria a sexta geração, mas infelizmente a bíblia não revela as três
primeiras gerações, apenas nos dá um vestígio leia:

Pv. 8.22-31. O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos e antes de suas obras mais antigas. Desde a
eternidade, fui ungida; desde o princípio, antes do começo da terra. Antes de haver abismos, fui gerada; e antes
ainda de haver fontes carregadas de águas. Antes que os montes fossem firmados, antes dos outeiros, eu fui
gerada. Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem sequer o princípio do pó do mundo. Quando ele
preparava os céus, aí estava eu; quando compassava ao redor a face do abismo; quando firmava as nuvens de
cima, quando fortificava as fontes do abismo; quando punha ao mar o seu termo, para que as águas não
trespassassem o seu mando; quando compunha os fundamentos da terra, então, eu estava com ele e era seu
aluno; e era cada dia as suas delícias, folgando perante ele em todo o tempo, folgando no seu mundo habitável e
achando as minhas delícias com os filhos dos homens.

Agora iremos mostrar da quarta até a sétima geração.

Calma, não fique de cabeça quente, Vamos explicar isto agora!

Como eu disse a Bíblia não fala bem claro da primeira, segunda ou terceira geração, por isso vamos começar da
quarta geração, leia as seguintes passagens:

Is. 14.12-23 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste lançado por terra, tu que
debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, e, acima das estrelas de Deus, exaltarei o meu
trono, e, no monte da congregação, me assentarei, da banda dos lados do Norte. Subirei acima das mais altas
nuvens e serei semelhante ao Altíssimo. E, contudo, levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo. Os que
te virem te contemplarão, considerar-te-ão e dirão: É este o varão que fazia estremecer a terra e que fazia tremer
os reinos? Que punha o mundo como um deserto e assolava as suas cidades? Que a seus cativos não deixava ir
soltos para a casa deles? Todos os reis das nações, todos eles, jazem com honra, cada um na sua casa. Mas tu és
lançado da tua sepultura, como um renovo abominável, como uma veste de mortos atravessados à espada, como
os que descem ao covil de pedras, como corpo morto e pisado. Com eles não te reunirás na sepultura, porque
destruíste a tua terra e mataste o teu povo; a descendência dos malignos não será nomeada para sempre.
Preparai a matança para os filhos, por causa da maldade de seus pais, para que não se levantem, e possuam a
terra, e encham o mundo de cidades. Porque me levantarei contra eles, diz o Senhor dos Exércitos, e
desarraigarei da Babilônia o nome, e os resíduos, e o filho, e o neto, diz o Senhor. E reduzi-la-ei a possessão de
corujas e a lagoas de águas; e varrê-la-ei com vassoura de perdição, diz o Senhor dos Exércitos.


Ez. 28.11-19. Veio mais a mim a palavra do Senhor, dizendo: Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o
rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o Senhor Jeová: Tu és o aferidor da medida, cheio de sabedoria e perfeito em
formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus; toda pedra preciosa era a tua cobertura: a sardônia, o topázio, o
diamante, a turquesa, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo, a esmeralda e o ouro; a obra dos teus tambores e
dos teus pífaros estava em ti; no dia em que foste criado, foram preparados. Tu eras querubim ungido para
proteger, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas. Perfeito eras
nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu
comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus
e te farei perecer, ó querubim protetor, entre pedras afogueadas. Elevou-se o teu coração por causa da tua
formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus,
para que olhem para ti. Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus
santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu a ti, e te tornei em cinza sobre a terra, aos
olhos de todos os que te vêem. Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; em grande
espanto te tornaste e nunca mais serás para sempre.

No texto de Isaías é uma parábola narrada para o rei de babilônia e em Ezequiel uma profecia narrada ao rei de
Tiro, como os dois livros são escritos pelos profetas, podemos considerar que eles narram estas histórias fazendo
uma comparação com algo que aconteceu no passado, e estas duas narrativas deixam bem claro o que houve na
quarta geração. Havia um povo na terra com suas nações e reis e assim Lúcifer foi criado para proteger e cuidar
de tudo, na mesma terra chamada Édem, mas infelizmente cresceu no seu coração o pecado e acabou debilitando
as nações desta época e dominou tudo a tal ponto de achar que poderia se tornar um deus, e quando subiu aos
céus foi lançado por terra junto com os anjos que caíram em sua conversa leia as seguintes passagens:

Lc. 10.18 - Jesus respondeu: – De fato, eu vi Satanás cair do céu como um raio.

Ap.12.9 - E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o
mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.

Jd. 6 - E a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem
guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia;

2Pe.2.4 - Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a
abismos de trevas, reservando-os para juízo;

Então entendemos que a 4º geração desapareceu e houve um grande impacto no planeta a queda de Lúcifer na
terra, a ciência tem uma teoria para designar a extinção dos dinossauros que está relacionada à queda de um
meteorito de 6 a 14 km que atingiu o planeta Terra, mais precisamente na Península de Yucatán, México, o
impacto abriu uma cratera de 180 km, além de mais duas secundárias que a envolvia com 240 e 300 km de
diâmetro. De acordo com alguns estudos, a extinção desses grandes répteis e de outras formas de vida aconteceu
há aproximadamente 65 milhões de anos. O impacto provocado pela queda do meteorito moveu o eixo do
planeta, além de provocar uma imensa nuvem de poeira que impediu a entrada de luz na atmosfera e
automaticamente na superfície terrestre.

Lembra de Gn. 1.2 A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo. Então a
quarta geração desapareceu da face da terra completamente. E os homens que seguiram a Lúcifer tiveram um
castigo cruel, perderam seus corpos e se tornaram espíritos vagantes, leia:

Mt.12.43-45 Jesus continuou:
– Quando um espírito mau sai de alguém, anda por lugares sem água, procurando onde descansar, mas não
encontra. Então diz: “Vou voltar para a minha casa, de onde saí.” Aí volta e encontra a casa vazia, limpa e
arrumada. Depois sai, vai buscar outros sete espíritos piores ainda, e todos ficam morando ali.
Assim a situação
daquela pessoa fica pior do que antes. E isso também acontecerá com esta gente má de hoje.

Estes espíritos vagantes nada mais são do que os demônios que hoje estão vagando pelo planeta a trabalho de
Lúcifer mais conhecido como diabo ou satanás.

Assim descobrimos sobre a quarta geração e a sua queda, e todo planeta virou um caos e Deus novamente vem
reformular e já inicia fazendo a separação da luz e as trevas, leia:

Gn. 1.3-4 E disse Deus: Haja luz. E houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as
trevas.

Agora vamos entender como surgiu a quinta e a sexta geração. Se você ler Gênesis capítulo primeiro e o capítulo
segundo, vai notar uma diferença grande entre os dois textos, por exemplo:

Gn. 1.11-13 E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto
segundo a sua espécie, cuja semente esteja nela sobre a terra. E assim foi. E a terra produziu erva, erva dando
semente conforme a sua espécie e árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie. E viu Deus que
era bom. E foi a tarde e a manhã: o dia terceiro.

No terceiro dia Deus criou as árvores e plantas e tudo já começou a produzir frutos e sementes, leia:

Gn. 1.24-31 E disse Deus: Produza a terra alma vivente conforme a sua espécie; gado, e répteis, e bestas-feras da
terra conforme a sua espécie. E assim foi. E fez Deus as bestas-feras da terra conforme a sua espécie, e o gado
conforme a sua espécie, e todo o réptil da terra conforme a sua espécie. E viu Deus que era bom.
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do
mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra. E
criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. E Deus os abençoou e
Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e
sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. E disse Deus: Eis que vos tenho dado
toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá
semente; ser-vos-ão para mantimento. E a todo animal da terra, e a toda ave dos céus, e a todo réptil da terra, em
que há alma vivente, toda a erva verde lhes será para mantimento. E assim foi. E viu Deus tudo quanto tinha
feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã: o dia sexto.

Então no dia sexto criou o os animais terrestres para depois criar o homem e a mulher, eles teriam o domínio
sobre os peixes, as aves e todos os animais, e de alimentos teria toda sorte de frutos, sementes e ervas. Nesta
passagem não se fala que precisaria plantar ou cultivar o solo tudo já estaria disponível.

Gn. 2.4-25 Estas são as origens dos céus e da terra, quando foram criados; no dia em que o Senhor Deus fez a
terra e os céus. Toda planta do campo ainda não estava na terra, e toda erva do campo ainda não brotava;
porque ainda o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra. Um
vapor, porém, subia da terra e regava toda a face da terra. E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra e
soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. E plantou o Senhor Deus um jardim
no Éden, da banda do Oriente, e pôs ali o homem que tinha formado. E o Senhor Deus fez brotar da terra toda
árvore agradável à vista e boa para comida, e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore da ciência do bem e
do mal.
E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços. O nome do primeiro
é Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro. E o ouro dessa terra é bom; ali há o bdélio e a
pedra sardônica. E o nome do segundo rio é Giom; este é o que rodeia toda a terra de Cuxe. E o nome do terceiro
rio é Hidéquel; este é o que vai para a banda do oriente da Assíria; e o quarto rio é o Eufrates.
E tomou o Senhor Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. E ordenou o Senhor Deus
ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore da ciência do bem e do mal,
dela não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma adjutora que esteja como diante dele.
Havendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todo animal do campo e toda ave dos céus, os trouxe a Adão,
para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome. E Adão
pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo animal do campo; mas para o homem não se achava
adjutora que estivesse como diante dele.
Então, o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas e
cerrou a carne em seu lugar.
E da costela que o Senhor Deus tomou do homem formou uma mulher; e trouxe-a a Adão. E disse Adão: Esta é
agora osso dos meus ossos e carne da minha carne; esta será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada.

Portanto, deixará o varão o seu pai e a sua mãe e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. E ambos
estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.

Este texto nos mostra que antes de existir qualquer planta, não havia homem para lavrar a terra, (realmente o
primeiro casal criado não recebeu esta ordem) e assim Adão é criado e colocado dentro de um jardim num lugar
chamado Éden e deveria lavrar a terra e guardar e já no verso 19 Deus cria os animais para depois levá-lo ao
homem para dar os seus nomes e depois disto tudo Deus cria a mulher. Percebemos então que estes dois capítulos
narram diferente a história da criação, alguns estudiosos da Bíblia e até a crítica textual nos afirmam isto, e
assim deduzem que foram escritos separadamente e colocados nesta ordem por Moisés, para demonstrar duas
gerações separadas, uma sendo um casal que provavelmente tenha surgido há 2 milhões de anos e Adão com
aproximadamente 10 mil anos, tendo este esclarecimento conseguimos então entender que Adão quando veio à
existência já havia pessoas no mundo e que já se haviam corrompido pelo pecado, e Deus resolve criar uma nova
geração, ou seja, a sexta e como não encontrou uma adjutora confiável para Adão resolveu criar uma a partir de
uma costela de Adão.

O território Édem já existia, e foi denominado por alguém desta época, e quando Caim fugiu da presença de
Deus foi para uma terra chamada Node se casou com uma das mulheres que eram da quinta geração.


Gn. 4.16-17 E saiu Caim de diante da face do Senhor e habitou na terra de Node, da banda do oriente do Éden.
E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu e teve a Enoque; e ele edificou uma cidade e chamou o nome da
cidade pelo nome de seu filho Enoque.

-Tem gente que julga dizer que anos se passaram desde que Caim foi para a terra de Node enquanto isso Eva teve filhas e filhos e Caim se casou com uma filha dela, no caso, com sua irmã. Mas só para deixar claro o terceiro filho de Eva foi Sete:
"E tornou Adão a conhecer a sua mulher; e ela teve um filho, e chamou o seu nome SETE; porque, disse ela, Deus me deu OUTRA SEMENTE em lugar de ABEL porquanto Caim o matou" Gênesis 4:25
Como vimos, Deus deu um outro filho no lugar de Abel, o nome dele é Sete, e isso ocorre bem depois que Caim conheceu a sua mulher na terra de Node e teve Enoque.-

Sabemos pela ciência que quando duas raças diferentes se misturam podem surgir novas raças e lemos em

Gn. 6.1-4 Como se foram multiplicando os homens na terra, e lhes nasceram filhas, vendo os filhos de Deus que
as filhas dos homens eram formosas, tomaram para si mulheres, as que, entre todas, mais lhes agradaram. Então,
disse o Senhor: O meu Espírito não agirá para sempre no homem, pois este é carnal; e os seus dias serão cento e
vinte anos. Ora, naquele tempo havia gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus possuíram as
filhas dos homens, as quais lhes deram filhos; estes foram valentes, varões de renome, na antiguidade.

Então quando os filhos de Deus (sexta geração) se casaram com as filhas dos homens (quinta geração) surgiram
os gigantes.

Então descobrimos a quinta e a sexta geração, agora e a sétima geração?

Está irá surgir no futuro leia:

Ap.21.1 E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já
não existe.

Ap.21.22-24 E nela não vi templo, porque o seu templo é o Senhor, Deus Todo-poderoso, e o Cordeiro. E a cidade
não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem alumiado, e o
Cordeiro é a sua lâmpada. E as nações andarão à sua luz, e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra.

Sl. 102.18 Isto se escreverá para a geração futura; e o povo que se criar louvará ao Senhor.

Somente nestes textos nos mostram nações, reis, nova terra e geração futura, que serão criados no futuro
próximo e tudo isto feito por Deus, então ainda falta muito para acontecer e fica a pergunta haverá o fim do
mundo?

Estudo feito, revisado e atualizado por: Marcos Paulo, Adônis.

10 comentários:

nina disse...


Foi muito bom ler este estudo ,pois já tinha algumas questões que não sabia como entende-las,algumas ficaram mais claras outros ,ainda temos que entender melhor.Shalom

naum disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
naum disse...

nao endendi diireito, deveria ser mais claro, todavia relerei e farei posteriormente novos comentarios

Unknown disse...

G.5:4

Miriam Oliveira Santos disse...

Muito bom gostei muito,em alguns pontos teve plena congruência com minha tese, porém, Adão teve sim outros filhos. G.5:4 E forao os dias de Adão, depois que gerou a Sete, oitocentos anos; e GEROU FILHOS E FILHAS.
Todavia apesar dos pesares foi de grande proveito. Deus lhe abençoe e lhe dê a cada dia mais sabedoria.

Miriam Oliveira Santos disse...

Com todo o respeito mais vc e muito palúrdio para, pedi-lo para ser mais claro.

Miriam Oliveira Santos disse...

Muito bom gostei muito,em alguns pontos teve plena congruência com minha tese, porém, Adão teve sim outros filhos. G.5:4 E forao os dias de Adão, depois que gerou a Sete, oitocentos anos; e GEROU FILHOS E FILHAS.
Todavia apesar dos pesares foi de grande proveito. Deus lhe abençoe e lhe dê a cada dia mais sabedoria.

ADM Uchiha Marcos disse...

Agradeço os comentários Miriam, procurei trazer de forma clara e objetiva lembrando sempre que é apenas um estudo, não afirmo sobre isso e deixo claro que os mistérios de Deus são mistérios.

Daniel Gomes disse...

Gostei muito da explicação e era assim mesmo que eu pensava, pois o propósito das Escrituras sempre foi balisar seu tema central a vinda e a vida do Filho de Deus ao mundo para resgatar o homem, tudo que foi escrito não foi escrito para se duvidar...

SAMORÊJO DE-BACALAO disse...

reparei que algum comentario foi removido posso saber porque?
-------------------------------------------------------------------
Ninguém se lembra
dos que viveram na antiguidade,
e aqueles que ainda virão
tampouco serão lembrados
pelos que vierem depois deles: em Eclesiastes fala o que todas as personagens bíblicas falam. quando falavam falavam sempre dos costumes, e das leis que começaram a existir desde o (êxodo saída do Egipto) não é preciso ser muito esperto... se eu digo não me lembro dos antigos, eu nasci em 1977 claro que estou a falar de uma época antes de eu nascer, e posso estar a falar isso para pessoas mais ou menos da minha idade, a dar aulas de moral, e este é o caso da bíblia a bíblia também fala de falsas doutrinas, e das pessoas que as ensina, este estudo com muita heresia! é escrito apenas para que não conhece a bíblia, é a mesma coisa que o anzol á espera do peixe! com uma diferença este anzol busca peixe fraco, enquanto a rede que jesus fala, busca peixe bom, e em nome de jesus cristo espero que ninguém procure aqui respostas que não existem...

Postar um comentário

Copyright ©2012 Luz da Biblia Todos os Direitos reservados | EDIT Designed by Uchiha Marcos | Suported by YesRank